A (Des)contaminação do Marketing no Futebol


Não deveria o objetivo de qualquer marca ser querida pelas pessoas?

Um dos cases dos mais criativos e bem elaborados da história recente do marketing esportivo no futebol: Racing Club e Banco Hipotecário da Argentina.

Sem dúvida alguma, tornou o futebol um pouco menos “contaminado” pelo marketing.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s