A (Des)contaminação do Marketing no Futebol

Não deveria o objetivo de qualquer marca ser querida pelas pessoas?

Um dos cases dos mais criativos e bem elaborados da história recente do marketing esportivo no futebol: Racing Club e Banco Hipotecário da Argentina.

Sem dúvida alguma, tornou o futebol um pouco menos “contaminado” pelo marketing.

Anúncios

Footecon 2010

O agradecimento especial ao prof. Parreira pelo convite em participar do Footecon 2010, um dos mais importantes eventos esportivos em nosso país.

Screen shot 2010-11-12 at 10.32.10.jpg

VII FÓRUM INTERNACIONAL DE FUTEBOL

O Footecon – Fórum Internacional de Futebol é um evento consagrado e estabelecido no calendário esportivo brasileiro, que oferece aos seus participantes a oportunidade de troca de experiências, atualização do mercado e relacionamento.

Um encontro 100% profissional, que conta com a expertise e coordenação de Carlos Alberto Parreira. O Fórum já se consagrou como o mais importante encontro da indústria nacional do futebol, reunindo anualmente seus principais profissionais, dirigentes esportivos, autoridades governamentais, mídia especializada, investidores e patrocinadores para palestras e debates dedicados ao esporte e sua gestão.

Dia 08 – Palestras e Debates

Qual o impacto do Calendário Brasileiro na Performance Técnica e Física dos jogadores.

Palestrante(s): Antonio Carlos Gomes, Fabio Mahseredjian, José Luiz Runco, Muricy Ramalho

horário: 09h30 às 10h30

———————————

Planejamento e avaliação de marcas no futebol

Palestrante(s): Rafael Plastina

horário: 09h30 às 10h30

 

———————————

Inovação e Criatividade na Gestão de Campo

Palestrante(s): Eduardo Tega, João Paulo Medina

horário: 09h30 às 10h30

 

———————————

Case Clube Internacional Benfica

Palestrante(s): a confirmar

horário: 10h30 às 11h30

 

———————————

Novas mídias e redes sociais no ambiente esportivo

Palestrante(s): a confirmar

horário: 10h30 às 11h30

 

———————————

Formação de atletas: Uma análise do mapa de atletas formados pelos clubes brasileiros

Palestrante(s): Marcelo Teixeira

horário: 10h30 às 11h30

 

———————————

Arena Multiuso: novas receitas para o futebol

Palestrante(s): Mauro Holzmann

horário: 12h às 13h

 

———————————

Painel – Os maiores desafios na gestão das categorias de base.

Palestrante(s): Felipe Ximenes (debatedor), Fernando Gonçalves (moderador), Jorge Macedo (Inter) (debatedor), Junior Camargo, Ricardo Drubsky (debatedor), Rodrigo Caetano (debatedor)

horário: 12h às 15h50

 

———————————

Escola Brasileira. A Volta do Futebol Arte – Criatividade e Talento

Palestrante(s): Dorival Jr, Zico

horário: 12h às 13h

 

———————————

Painel – Relacionamento da Mídia com o Profissional de Futebol

Palestrante(s): Joel Santana (debatedor), Mauricio Noriega (debatedor), Renato Ribeiro (debatedor), Tino Marcos (moderador)

horário: 15h às 16h

 

———————————

Novos modelos de Gestão no Futebol: estudo de caso Botafogo F.R.

Palestrante(s): Maurício Assumpção

horário: 15h às 16h

 

———————————

Preparação Física no Futebol: o que e quanto deve ser treinado?

Palestrante(s): João Bouzas Marins, Sergio Gregorio

horário: 15h50 às 16h40

 

———————————

Lei de Incentivo

Palestrante(s): a confirmar

horário: 16h às 17h

 

———————————

Painel Copa 2010: Análise e Tendências.

Palestrante(s): Carlos Alberto Parreira, Junior, Ronaldo Fenômeno

horário: 16h às 17h

Read More

Guerreiros, Álcool e Adolescentes

shrink-18.jpg

Qual símbolo queremos associado ao nosso futebol?

Debate do GEF

por ILANA PINSKY

O uso comercial de nossa seleção por uma marca de cerveja é forma sofisticada de estimular a dependência do álcool desde a juventude.

As indústrias de tabaco e de bebidas alcoólicas guardam semelhança em vários aspectos. Primeiramente, ambos os produtos infligem altíssimas consequências negativas sobre a saúde da população.

O consumo de tabaco ainda é a principal causa de morte potencialmente evitável em seres humanos.

Por outro lado, os custos atribuídos ao consumo de bebidas alcoólicas (segundo dados da Organização Mundial de Saúde) no total da saúde pública na América do Sul atingem a espantosa marca de 8% a 15% , enquanto que a taxa mundial é de apenas 4%.

Particularmente entre os mais jovens, há uma associação frequente do consumo nocivo de álcool com violência, acidentes automobilísticos, sexo desprotegido, faltas na escola e trabalho etc.

Outra semelhança é a longa história de associação dessas indústrias com esportes, que se tornou especialmente proeminente e integrada nas últimas décadas.

A publicidade de bebidas alcoólicas usando elementos do mundo esportivo mantém-se firme.

Lawrence Wenner, em estudo bastante conhecido, pergunta: “Como é que o consumo de álcool associado ao esporte não é percebido como uma ironia cultural? Como aconteceu que o fã de esportes passou a se sentir a vontade opinando sobre a performance dos atletas com uma cerveja na mão?”.

A resposta é que essa associação foi criada e alimentada por questões puramente mercadológicas, com a contribuição de inúmeras estratégias de marketing.

A distribuição do consumo de álcool no Brasil é altamente concentrada nos homens (78%) e na faixa etária dos 18 aos 29 anos de idade (40% versus as demais idades).

Dessa forma, é de interesse da indústria de bebidas apostar suas principais fichas na publicidade para homens jovens. E onde, melhor que nas transmissões esportivas, pode-se encontrar esse grupo de forma altamente concentrada?

Read More

Inventando Moda no Futebol

cr9

“O futebol também é refém do progresso científico e cada vez mais bons profissionais dividirão as responsabilidades que hoje concentram-se nas mãos de alguns somente, em todas as dimensões que este apaixonante esporte está inserido.”

O texto abaixo foi produzido para o grupo DNA (Consultoria Construção de Imagem), do curso de Moda da Universidade Anhembi-Morumbi, no TCC de Consultoria de Imagem para Atletas de Futebol.

Num mundo de celebridades ocas, em que a imagem se sobrepõe a tudo, temos no jogador de futebol um dos principais exemplos de contágio com o que está ao seu redor.

Combinações explosivas: o futebol é o esporte mais praticado do planeta e o jogador brasileiro, um dos mais valorizados do mundo, isto é, devido a sua maneira criativa, lúdica e artística de conduzir o jogo dentro das quatro linhas.

Além disso, o Brasil ainda é o único país a ter conquistado por cinco vezes a Copa do Mundo.

A partir dos elementos acima, podemos entender que um atleta de futebol pode provocar reações interessantes – positivas ou negativas, a partir de uma determinada postura, seja uma conduta dentro de campo, um hábito cultural ou social e, claro, a maneira como se expressa à mídia em geral.

Um dos principais exemplos de sucesso no trabalho da consultoria de imagem no futebol é do inglês David Beckham, que mesmo considerado um atleta tecnicamente comum, tornou-se um dos mais bem remunerados em todos os esportes.

Considerando que a imagem do atleta é um ativo a ser valorizado ao longo de sua carreira, a consultoria de imagem vai de encontro às necessidades de proteger, agregar e potencializar o produto, prestando um importante serviço ao cliente (atleta) e à instituição (clube).

Inventar moda no futebol? É elementar, meu caro Watson!

O futebol também é refém do progresso científico e cada vez mais bons profissionais dividirão as responsabilidades que hoje concentram-se nas mãos de alguns somente, em todas as dimensões que este apaixonante esporte está inserido.