O que Steve Jobs significa para mim

por Tiago Doria

Acredito que o grande mérito de Steve Jobs foi:

1) Ter transformado computadores em objetos de consumo, em objetos que não fossem utilizados somente por especialistas, mas que pudessem ser tão intuitivos e corriqueiros de usar quanto um aparelho de televisão
2) E ter descoberto a “competência central” da Apple (usabilidade e design), em seu retorno à empresa em 1996. A partir daí, Jobs aplicou essa competência a diversos mercados e produtos. iPad, iPod, iTunes foram consequência dessa atitude.

Entre outras coisas, ele mostrou ao mercado que a internet é device agnostic e que, antes de tudo, as pessoas estão atrás de facilidade na web.

Jobs entendeu muito bem a dinâmica da área de tecnologia, um meio onde você é valorizado não por quem é, mas sim pelo que faz. Não é à toa que, mesmo após ter o seu nome garantido na história da computação, ele insistiu em trabalhar dia e noite e lançar novos produtos.

Para mim, ficam várias lições. Por mais estranho que possa parecer, todas elas não-tecnológicas.

A importância do peopleware, de trabalhar com o que gosta e de estar no lugar certo e na hora certa, além do equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Há uma frase de Steve Jobs que define bem tudo isso. Aliás, ela foi dita ao lado de outro ícone, quando Jobs se encontrou com Bill Gates durante a conferência D: All Things Digital, em 2007.

No palco da conferência, ao lado de Gates, Jobs fez uma rápida avaliação da sua própria vida.

“Vejo-nos como dois dos caras mais sortudos do planeta. (…) Encontramos o que amamos no lugar certo e no tempo certo, família, trabalho, amigos. Que mais poderíamos pedir?”

Zico e o Kichute

Homenagem ao Galinho pela coragem de enfrentar mais um desafio, entre tantos outros superados em sua vitoriosa carreira.

Só quem teve um Kichute amarrado na canela é que sabe o valor deste agradecimento…

A Evolução do Ensino da Matemática no Brasil

Screen shot 2010-02-23 at 16.54.43.jpg  

Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação,datilografia…

Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas.

Segue o relato de uma Professora de Matemática:

“Semana passada comprei um produto que custou R$15,80. Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa 80 centavos, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.

Tentei explicar que ela tinha que me dar 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos

olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. Por que estou contando isso?

Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:

1. Ensino de matemática em 1950:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00.O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$80,00. Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro:

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

5. Ensino de matemática em 2000:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. O lucro é de R$ 20,00.

Está certo?

( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2009:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00.Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

7. Em 2011 vai ser assim:

Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$ 80,00. Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00. (Se você é afro descendente, homosexual, portador de necessidades especiais, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder)

( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00″

2010, o Ano em que Faremos Contato


dreams.jpg

Aos meus amigos de verdade e a quem mais possa interessar…

Estou saindo agora com a Claudia e os meninos para o Réveillon e gostaria de deixar algumas palavras.

Eu tinha 11 anos quando o filme “2010, o Ano em que faremos contato” surgiu. Nunca me esqueci deste título. Acho que nem cheguei a fazer contas de quantos anos teria em 2010… Sabia apenas que demoraria muito pra chegar aquele futuro tão distante, das naves espaciais etc.
As naves ainda não fizeram contato, mas 2010 finalmente chegou. E vivemos num mundo bem mais diferente de 1984.
Não existem mais campinhos da rua debaixo ou a inocência da época em que as tvs tinham apenas 5 ou 6 canais.
Mas algo permanece intacto desde então: os meus sonhos.
E o mais impressionante disso tudo é que estou realizando cada um deles. Dia após dia.
Por isso, meus queridos amigos, desejo de coração o melhor sonho à todos vocês.
Saiba que a sua felicidade, com certeza, também é a minha.
Um 2010 ainda melhor para todos nós!

Eduardo Tega e família.

Sir Bobby Robson

ng1172541.jpg

Bobby Robson (1933-2009), um dos mais carismáticos nomes do futebol inglês e o homem que “apadrinhou” José Mourinho, morreu hoje aos 76 anos.

Faleceu hoje o treinador Bobby Robson, figura lendária do futebol inglês. Comandante da seleção inglesa nas Copas de 86 e 90 e um dos principais responsáveis pelo início da carreira de José Mourinho, morreu aos 76 anos, vítima de câncer.

Na Holanda, foi campeão pelo PSV Eindhoven que tinha como astro o brasileiro Romário. Conquistou títulos também em Portugal, com o Porto, e comandou o Barcelona, na época, de Ronaldo, entre 1996 e 1997.

A caminhada do técnico português José Mourinho com Robson começou como treinador-assistente no Sporting, prosseguiu no F.C. Porto e no Barcelona. Na hora da despedida, Mourinho diz que quer ficar com a recordação do homem de “paixão extraordinária pela vida e pelo futebol”.