Frase da Semana

“… todos, mas todos, neste país devem fazer do treinador da selecção um homem forte e protegido. E quando digo todos, refiro-me a dirigentes associativos, federativos e de clubes, passando pelos jogadores convocados e pelos não convocados, continuando pelos que trabalham na comunicação social e terminando nos taxistas, políticos, pescadores, policias, metalúrgicos, etc. Todos temos de estar unidos e ganhar. E se perdermos, que seja de pé.”

José Mourinho, treinador de futebol português, em trecho da carta que recusa o cargo de treinador da Seleção Portuguesa em outubro de 2010, mas sempre atual para qualquer selecionado ou país.

Confira a íntegra da carta aqui.

Anúncios